Inferno

Inferno

Inferno, como o vocábulo sugere (do latina = as profundezas" ou o "mundo inferior), os infernos (no hebraico, cheol ou hades) é um termo usado por diferentes religiões, mitologias e filosofias, representando a morada dos mortos, ou lugar de grande sofrimento e de condenação, eram o lugar isolado e tenebroso para onde iam os mortos, bons e maus, de maneira que “descer aos infernos” significava morrer.
Inferno, como o vocábulo sugere (do latina = as profundezas" ou o "mundo inferior), os infernos (no hebraico, cheol ou hades) é um termo usado por diferentes religiões, mitologias e filosofias, representando a morada dos mortos, ou lugar de grande sofrimento e de condenação, eram o lugar isolado e tenebroso para onde iam os mortos, bons e maus, de maneira que “descer aos infernos” significava morrer. Os exegetas da Escritura interpretam a descida de Jesus Cristo aos infernos, a seguir à sua morte redentora, no sentido de libertar os bons, para os levar consigo para o Céu. Paralelamente à tradição do cheol formou-se a tradição da *geena, como a parte mais profunda do cheol, onde habitavam os demónios e para onde iam parar os maus. Esta ideia, inspirada pelo vale ravinoso de Jerusalém para onde eram atirados os corpos dos condenados e servia de lixeira sempre a arder, passou ao Novo Testamento e aos ensinamentos de Jesus Cristo, que lhe dava habitualmente o nome de Inferno, onde há fogo e ranger de dentes. O Inferno é estado de auto-exclusão da comunhão amiga de Deus pelo pecador impenitente que a morte fixou na eternidade de forma irreversível na aversão a Deus.

O inferno é eterno e corresponde a um dos chamados novíssimos: a morte, o juízo final, o inferno e o paraíso. Baseando-se em textos bíblicos como quando Jesus disse que o homem que desprezar seu irmão “incorrerá os fogos da inferno” (Mt 5,22). Jesus também advertiu, “não temais os que matam o corpo mas não podem matar a alma. Antes, temei quem pode destruir tanto corpo como alma na inferno” (Mt 10,28). Jesus disse, “Se tua mão te faz cair, corta-a. Melhor você entrar na vida com uma só mãos que manter ambas as mãos e ir para a inferno com seu fogo inextinguível” (Mc 9,43). Usando a parábola do joio e do trigo para descrever o juízo final, Jesus disse, “os anjos lançarão [os pecadores] na fornalha inflamável onde prantearão e moerão os seus dentes (Mt 13,42). Também, quando Jesus fala sobre o juízo final onde a ovelha será separada dos lobos, Ele dirá ao pecador, “afastai-vos de mim, malditos, para o fogo perpétuo preparado para o demônio e seus anjos (Mt 25,41). No Livro da Revelação, é relatado que cada pessoa é julgada individualmente e os pecadores são lançados em uma “fosso de fogo, a segunda morte” (20,13-14).

O inferno é real? O inferno é eterno?

O inferno é real? Estudos mostram que mais de 90% das pessoas no mundo crêem em um “céu”, enquanto menos de 50% crêem em um inferno eterno. De acordo com a Bíblia, o inferno é sim real! A punição dos ímpios no inferno é tão eterna como a felicidade dos justos no Céu. A punição dos perdidos mortos em pecado é descrita através da Escritura como “fogo eterno” (Mateus 25:41), “fogo que nunca se apagará” (Mateus 3:12), “vergonha e desprezo eterno” (Daniel 12:2), um lugar “onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga” (Marcos 9:44-49), um lugar de “tormentas” e “chamas” (Lucas 16:23-24), “eterna perdição” (II Tessalonicenses 1:9), um lugar de tormento com “fogo e enxofre” onde “a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre” (Apocalipse 14:10-11) e “lago de fogo e enxofre” onde os ímpios “de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre” (Apocalipse 20:10). O próprio Jesus indica que a punição no inferno é eterna, e não meramente a fumaça e as chamas (Mateus 25:46).

Os ímpios são para sempre sujeitos à fúria e ira de Deus no inferno. Eles sofrem conscientemente de vergonha, desprezo e das torturas de uma consciência acusadora, juntamente com a veemente ira de uma divindade ultrajada, por toda a eternidade. Mesmo aqueles que estiverem no inferno reconhecerão a perfeita justiça de Deus (Salmos 76:10). Aqueles que estiverem no inferno, real como é, saberão que sua punição é justa e que eles sozinhos têm a culpa (Deuteronômio 32:3-5). Sim, o inferno é real. Sim, o inferno é um lugar de tormento e punição que dura para todo o sempre, que jamais tem fim! Glória a Deus, pois através de Jesus podemos escapar deste destino eterno (João 3:16-18-36).

Por que o inferno existe e por que é que Deus envia algumas pessoas para lá?

A Bíblia nos diz que Deus “preparou” o inferno para o diabo e os anjos caídos depois de terem se rebelado contra Ele (Mateus 25:41). Isto mesmo! O inferno, de tão tétrico que é não foi preparado para o homem, e sim para o diabo e seus anjos; mas muitos, voluntariamente, querem ir para lá. Aqueles que rejeitam a oferta do perdão de Deus sofrerão o mesmo destino eterno que o diabo e os anjos caídos.

Por que o inferno é necessário?

Todo pecado é, no final das contas, contra Deus (Salmos 51:4), e uma vez que Deus é infinito e eterno, somente uma pena infinita e eterna é suficiente. O inferno é o lugar onde as demandas de um Deus santo e justo são realizadas. O inferno é onde Deus condena o pecado e todos aqueles que O rejeitam. A Bíblia deixa claro que todos nós pecamos (Eclesiastes 7:20, Romanos 3:10-23), então, como resultado, todos nós merecemos ir para o inferno.

É relevante observarmos que Jesus Cristo não é autor de nenhuma obra de ficção, por isso, ao falar sobre o inferno, mesmo por parábolas, Ele ensina-nos acerca de um lugar que é realmente marcado de dor e tristeza indizíveis (“ali haverá choro e ranger de dentes” – Mt.8:12; 13:42,50; 22:13; 24:51; 25:30; Lc.13:28)

A Bíblia afirma também que na volta do Mestre Jesus todos serão ressuscitados. Os justos para a Glória e os injustos para o castigo eterno (Inferno). Veja:

"Jesus terminou, dizendo: —Quando o Filho do Homem vier como Rei, com todos os anjos, ele se sentará no seu trono real. Todos os povos da terra se reunirão diante dele, e ele separará as pessoas umas das outras, assim como o pastor separa as ovelhas das cabras. Ele porá os bons à sua direita e os outros, à esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: “Venham, vocês que são abençoados pelo meu Pai! Venham e recebam o Reino que o meu Pai preparou para vocês desde a criação do mundo. Pois eu estava com fome, e vocês me deram comida; estava com sede, e me deram água. Era estrangeiro, e me receberam na sua casa. Estava sem roupa, e me vestiram; estava doente, e cuidaram de mim. Estava na cadeia, e foram me visitar.” —Então os bons perguntarão: “Senhor, quando foi que o vimos com fome e lhe demos comida ou com sede e lhe demos água? Quando foi que vimos o senhor como estrangeiro e o recebemos na nossa casa ou sem roupa e o vestimos? Quando foi que vimos o senhor doente ou na cadeia e fomos visitá-lo?” —Aí o Rei responderá: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quando vocês fizeram isso ao mais humilde dos meus irmãos, foi a mim que fizeram.” —Depois ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: “Afastem-se de mim, vocês que estão debaixo da maldição de Deus! Vão para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos! Pois eu estava com fome, e vocês não me deram comida; estava com sede, e não me deram água. Era estrangeiro, e não me receberam na sua casa; estava sem roupa, e não me vestiram. Estava doente e na cadeia, e vocês não cuidaram de mim.” —Então eles perguntarão: “Senhor, quando foi que vimos o senhor com fome, ou com sede, ou como estrangeiro, ou sem roupa, ou doente, ou na cadeia e não o ajudamos?” —O Rei responderá: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: todas as vezes que vocês deixaram de ajudar uma destas pessoas mais humildes, foi a mim que deixaram de ajudar.” E Jesus terminou assim: —Portanto, estes irão para o castigo eterno, mas os bons irão para a vida eterna." Mt 25.31-46

A existência do Inferno é incontestável!
O verdadeiro Servo é aquele que está na presença do Pai, não pelo medo do inferno, sim, pelo prazer e satisfação de honrar e glorificar ao Senhor Deus.

Como vimos, o inferno foi preparado para o diabo e sua horda de demônios; mas para o Homem, o que Deus tem preparado?
“Mas, como está escrito: As coisas que os olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus PREPAROU para os que o amam.” (1Co.2:9).
Este lugar que Deus preparou para os que o amam foi predito por Jesus, em Jo.14:1-3, e já está preparado há mais de dois mil anos, cujo nome é Nova Jerusalém, e tem sua localização nas alturas celestiais (Ap.21:9-27).
Eternamente louvado e glorificado seja o Nome do Senhor Jesus Cristo, o Único que nos livra da IRA FUTURA (1Ts.1:10)!
www.todososcatolicos.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!