Bahia: História, Mapa, Cidades, Praias, O que é

A Bahia é uma das 27 unidades federativas do Brasil. É o estado com o sexto maior PIB do país. Está situada ao sul da Região Nordeste do Brasil e é o maior estado da região, fazendo limites com oito outros estados federados brasileiros, a saber: Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Piauí (N); Tocantins e Goiás (O); Minas Gerais e Espírito Santo (S). A leste, é banhada pelo Oceano Atlântico e tem, com novecentos km, a mais extensa costa de todos os estados do Brasil com acesso ao Oceano Atlântico. Ocupa uma área de 567 295,669 km², sendo pouco maior que a França. Dentre os estados nordestinos, a Bahia representa a maior extensão territorial, a maior população, o maior produto interno bruto, além de ser o estado que mais recebe turistas na região.

A capital estadual é Salvador. Além dela, há outras cidades influentes na rede urbana baiana, como as capitais regionais Feira de Santana, Vitória da Conquista, o bipolo Itabuna-Ilhéus, Barreiras e o bipolo Juazeiro-Petrolina, esta última é um município pernambucano e núcleo, junto com Juazeiro, da RIDE Polo Petrolina e Juazeiro. A essas, somam-se, por sua população e importância econômica, três municípios integrantes da Grande Salvador: Camaçari, Lauro de Freitas e Simões Filho; e os municípios interioranos de Alagoinhas, Eunápolis, Jequié, Teixeira de Freitas, Porto Seguro e Paulo Afonso.

Mapa


História da Bahia

A história da Bahia se confunde com a história do Brasil, pois foi nessa região que, em 22 de abril de 1500, o português Pedro Álvares Cabral avistou as terras, onde hoje se encontra a cidade de Porto Seguro, dando inicio a colonização européia na América do Sul.

Em 1534 a região começou a ser povoada. A presença dos jesuítas foi marcante na história da região. A cidade de Salvador foi fundada em 1549, pelo governador geral Tomé de Souza. Salvador foi a primeira capital do Brasil. A partir de 1573, dividiu esse título com a cidade de Rio de Janeiro, pois a coroa portuguesa resolveu estabelecer dois governos no país: o do Norte, cuja capital era Salvador, e o do Sul, cuja capital era o Rio de Janeiro. Essa divisão permaneceu até 1763, quando o Rio de Janeiro passou a ser a única capital do país.

Em 1587 a cidade de Salvador foi atacada por piratas ingleses, sem sucesso. Em 1612 foi a vez dos corsários franceses tentarem a invasão, também sem sucesso.

Nos últimos dias de 1599 foi a vez dos holandeses atentarem contra a região. As defesas conseguiram impedir o desembarque dos holandeses, enquanto foram levantados Fortes para aumentar a segurança. Porém, em 14 de abril de 1624, as defesas sucumbiram, e a esquadra holandesa, formada por aproximadamente 3600 homens, saqueou a cidade de Salvador.

Em 22 de março de 1625 chegou a região uma esquadra portuguesa, composta por 52 navios de guerra, entre outras embarcações, trazendo um exército de mais de 12 mil homens. Em 30 de abril do mesmo ano os holandeses concordam em desocupar a região. Os holandeses voltaram a ameaçar a região por diversas vezes: em 1640, 1647 e 1654.

A Bahia também foi cenário de outras disputas, como a Conjuração Baiana, ou Revolta dos Alfaiates (que propôs a formação da Republica Bahiense, em 1798), a Revolta dos Malês (uma revolta de escravos africanos islâmicos, em 1834), a Guerra de Canudos (confronto entre o exército republicano e os sertanejos comandados por Antonio Conselheiro, em 1897-1897).

Cidades

A

Abaíra; Abaré; Acajutiba; Adustina; Água Fria; Aiquara; Alagoinhas; Alcobaça; Almadina; Amargosa; Amélia Rodrigues; América Dourada; Anagé; Andaraí; Andorinha; Angical; Anguera; Antas; Antônio Cardoso; Antônio Gonçalves; Aporá; Apuarema; Araças; Aracatu; Araci; Aramari; Arataca; Aratuípe; Aurelino Leal.

B

Baianópolis; Baixa Grande; Banzaê; Barra; Barra da Estiva; Barra do Choça; Barra do Mendes; Barra do Rocha; Barreiras; Barro Alto; Barro Preto; Belmonte; Belo Campo; Biritinga; Boa Nova; Boa Vista do Tupim; Bom Jesus da Lapa; Bom Jesus da Serra; Boninal; Bonito; Boquira; Botuporã; Brejões; Brejolândia; Brotas de Macaúbas; Brumado; Buerarema; Buritirama.

C

Caatiba; Cabaceiras do Paraguaçu; Cachoeira; Caculé; Caém; Caetanos; Caetité; Cafarnaum; Cairu; Caldeirão Grande; Camacan; Camaçari; Camamu; Campo Alegre de Lourdes; Campo Formoso; Canápolis; Canarana; Canavieiras; Candeal; Candeias; Candiba; Cândido Sales; Cansanção; Canudos; Capela do Alto Alegre; Capim Grosso; Caraíbas; Caravelas; Cardeal da Silva; Carinhanha; Casa Nova; Castro Alves; Catolândia; Catu; Caturama; Central; Chorrochó; Cícero Dantas; Cipó; Coaraci; Cocos; Conceição da Feira; Conceição do Almeida; Conceição do Coité; Conceição do Jacuípe; Conde; Condeúba; Contendas do Sincorá; Coração de Maria; Cordeiros; Coribe; Coronel João Sá; Correntina; Cotegipe; Cravolândia; Crisópolis; Cristópolis; Cruz das Almas; Curaçá.

D

Dário Meira; Dias d'Ávila; Dom Basílio; Dom Macedo Costa.

E

Elísio Medrado; Encruzilhada; Entre Rios; Érico Cardoso; Esplanada; Euclides da Cunha; Eunápoli.

F

Fátima; Feira da Mata; Feira de Santana; Filadélfia; Firmino Alves; Floresta Azul; Formosa do Rio Preto.

G

Gandu; Gavião; Gentio do Ouro; Glória; Gongogi; Governador Mangabeira; Guajeru; Guanambi; Guaratinga.

H

Heliópolis.

I

Iaçu; Ibiassucê; Ibicaraí; Ibicoara; Ibicuí; Ibipeba; Ibipitanga; Ibiquera; Ibirapitanga; Ibirapuã; Ibirataia; Ibitiara; Ibititá; Ibotirama; Ichu; Igaporã; Igrapiúna; Iguaí; Ilhéus; Inhambupe; Ipecaetá; Ipiaú; Ipirá; Ipupiara; Irajuba; Iramaia;Iraquara; Irará; Irecê; Itabela; Itaberaba; Itabuna; Itacaré; Itaeté; Itagi; Itagibá; Itagimirim; Itaguaçu da Bahia; Itaju do Colônia; Itajuípe; Itamaraju; Itamari; Itambé; Itanagra; Itanhém; Itaparica; Itapé; Itapebi; Itapetinga; Itapicuru; Itapitanga; Itaquara; Itarantim; Itatim; Itiruçu; Itiúba; Itororó; Ituaçu; Ituberá; Iuiú.

J

Jaborandi; Jacaraci; Jacobina; Jaguaquara; Jaguarari; Jaguaripe; Jandaíra; Jequié; Jeremoabo; Jiquiriçá; Jitaúna; João Dourado; Juazeiro; Jucuruçu; Jussara; Jussari; Jussiape.

L

Lafaiete Coutinho; Lagoa Real; Laje; Lajedão; Lajedinho; Lajedo do Tabocal; Lamarão; Lapão; Lauro de Freitas; Lençóis; Licínio de Almeida; Livramento do Brumado; Luis Eduardo Magalhães-.

M

Macajuba; Macarani; Macaúbas; Macururé; Madre de Deus; Maetinga; Maiquinique; Mairi; Malhada; Malhada de Pedras; Manoel Vitorino; Mansidão; Maracás; Maragogipe; Maraú; Marcionílio Souza; Mascote; Mata de São João; Matina; Medeiros Neto; Mirangaba; Mirante; Monte Santo; Morpará; Morro do Chapéu; Mortugaba; Mucugê; Mucuri; Mulungu do Morro; Mundo Novo; Muniz Ferreira; Muquém de São Francisco; Muritiba; Mutuípe.

N

Nazaré; Nilo Peçanha; Nordestina; Nova Canaã; Nova Fátima; Nova Ibiá; Nova Itarana; Nova Redenção; Nova Soure; Nova Viçosa; Novo Horizonte; Novo Triunfo.

O

Olindina; Oliveira dos Brejinhos; Ouriçangas; Ourolândia; Palmas de Monte Alto; Palmeiras; Paramirim; Paratinga; Paripiranga; Pau Brasil; Paulo Afonso; Pé de Serra; Pedrão; Pedro Alexandre; Piatã; Pilão Arcado; Pindaí; Pindobaçu; Pintadas; Piraí do Norte; Piripá; Piritiba; Planaltino; Planalto; Poções; Pojuca; Ponto Novo; Porto Seguro; Potiraguá; Prado; Presidente Dutra; Presidente Jânio Quadros; Presidente Tancredo Neves.

Q

Queimadas; Quijingue; Quixabeira.

R

Rafael Jambeiro; Remanso; Retirolândia; Riachão das Neves; Riachão do Jacuípe; Riacho de Santana; Ribeira do Amparo; Ribeira do Pombal ; Ribeirão do Largo; Rio de Contas; Rio do Antônio; Rio do Pires; Rio Real; Rodelas; Ruy Barbosa.

S

Salinas da Margarida; Santa Bárbara; Santa Brígida; Santa Cruz Cabrália; Santa Cruz da Vitória; Santa Inês; Santa Luzia; Santa Maria da Vitória; Santa Rita de Cássia; Santa Teresinha; Santaluz; Santana; Santanópolis; Santo Amaro; Santo Antônio de Jesus; Santo Estêvão; São Desidério; São Domingos; São Felipe; São Félix; São Félix do Coribe; São Francisco do Conde; São Gabriel; São Gonçalo dos Campos; São José da Vitória; São José do Jacuípe; São Miguel das Matas; São Sebastião do Passé; Sapeaçu; Sátiro Dias; Saubara; Saúde; Seabra; Sebastião Laranjeiras; Senhor do Bonfim; Sento Sé; Serra do Ramalho; Serra Dourada; Serra Preta; Serrinha; Serrolândia; Simões Filho; Sítio do Mato; Sítio do Quinto; Sobradinho; Souto Soares.

T

Tabocas do Brejo Velho; Tanhaçu; Tancredo Neves; Tanque Novo; Tanquinho; Taperoá; Tapiramutá; Teixeira de Freitas; Teodoro Sampaio; Teofilândia; Teolândia; Terra Nova; Tremedal; Tucano.

U

Uauá; Ubaíra; Ubaitaba; Ubatã; Uibaí; Umburanas; Una; Urandi; Uruçuca; Utinga.

V

Valença; Valente; Várzea da Roça; Várzea do Poço; Várzea Nova; Varzedo; Vera Cruz; Vereda; Vitória da Conquista.

W

Wagner; Wanderley; Wenceslau Guimarães.

X

Xique-Xique.

Geografia da Bahia

O Estado da Bahia localiza-se ao sul da região nordeste do Brasil, sendo o Estado mais populoso da região. A capital da Bahia é Salvador, sua principal cidade. Outras cidades importantes são: Feira de Santana, Porto Seguro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Juazeiro e Camaçari.

Suas divisas são as seguintes:

Norte – Piauí, Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

Sul – Espírito Santo e Minas Gerais

Leste – Oceano Atlântico

Oeste – Goiás e Tocantins

A Bahia é o Estado que tem o maior número de divisas com outros estados, é o quinto maior estado brasileiro em extensão territorial, ocupando uma área de 567.692,669 km², e possui o maior litoral do país, com 1.183 km de extensão.

A Bahia está localizada na região do semi-árido, sendo que é esse o clima (quente e seco) que predomina no interior do estado, onde as secas comumente são longas. No litoral e nos municipios a até 300 m de altitude (em relação ao nível do mar), o clima é tropical, ou seja, quente e úmido.

O relevo do estado é composto principalmente por planaltos, mas existem também planicies e depressões. A região de planície se estende pelo litoral baiano. Um dos grandes destaques do turismo baiano é a Chapada Diamantina, uma região de serras no centro do Estado. Os pontos mais altos do Estado são: o Pico do Barbado (2.033,3 m) e o Pico das Almas (1.836 m).

O rio mais importante da Bahia é o São Francisco, que cruza o estado do sul para o norte. Outros rios importantes são os rios: Paraguaçu, de Contas, Jequitinhonha, Pardo, Capivari e Grande.

A Baía de Todos os Santos é a maior reentrância da costa litorânea do país, com 1.052 km², onde são encontradas 56 ilhas. Vários rios deságuam na Baia de Todos os Santos, inclusive o Rio Paraguaçu, o maior rio genuinamente baiano. A praia mais famosa da Bahia é a de Itapuã.

A vegetação predominante é a caatinga, principalmente ao norte, nas regiões da Serra do Espinhaço e na depressão do São Francisco. No oeste do estado encontra-se uma região de cerrado, e a sudeste, a floresta tropical úmida.

www.todososcatolicos.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!